Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

19-03-2012
EDUCAÇÃO


Município de Ibaiti adere ao programa de educação em tempo integral
O Município de Ibaiti aderiu ao Programa Mais Educação (Educação Integrada/Em Tempo Integral), do Governo Federal. A adesão foi anunciada na última quinta-feira, dia 15, pelo secretário Municipal da Educação, Edemir Carneiro Gomes, durante visita ao gabinete do prefeito Luiz Carlos Peté dos Santos para apresentar a equipe de oficineiros que vai atuar no projeto. O programa foi iniciado nesta segunda-feira, dia 19, na Escola Municipal Leônidas Ferreira de Melo, do bairro Cohapar, e na Escola Municipal Daigles Aparecida de Carvalho, do distrito de Vila Guay. Nestes estabelecimentos, com a anuência dos pais, ou responsáveis, cerca de 100 alunos do 1º ao 4º ano do ensino fundamental passarão a frequentar a escola em tempo integral, das 07h30 até às 17h00.

Durante esse tempo, além do período normal de aulas, eles terão oportunidade de participar de atividades distribuídas nas seguintes oficinas: Tecnologia da Alfabetização e Letramento; Teatro; Canto Coral; Música; Dança; Recreação, Lazer e Futsal. Cada uma das atividades contará com um oficineiro exclusivo e cada escola terá uma coordenadora do programa, cuja fase experimental vai durar dez meses contados da data de início até dezembro deste ano.

Conforme informações publicadas no site http://portal.mec.gov.br, o Programa Mais Educação, criado pela Portaria Interministerial nº 17/2007, aumenta a oferta educativa nas escolas públicas por meio de atividades optativas que foram agrupadas em macrocampos de acompanhamento pedagógico, meio ambiente, esporte e lazer, direitos humanos, cultura e artes, cultura digital, prevenção e promoção da saúde, educomunicação, educação científica e educação econômica. A iniciativa é coordenada pela Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade, do Ministério da Educação (SECAD/MEC), em parceria com a Secretaria de Educação Básica (SEB/MEC) e com as Secretarias Estaduais e Municipais de Educação. A operacionalização é feita por meio do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

O programa visa fomentar atividades para melhorar o ambiente escolar, tendo como base os estudos desenvolvidos pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), utilizando os resultados da Prova Brasil de 2005. Nesses estudos destacou-se o uso do “Índice de Efeito Escola – IEE”, indicador do impacto que a escola pode ter na vida e no aprendizado do estudante, cruzando-se informações socioeconômicas do município no qual a escola está localizada.

As atividades tiveram início em 2008, com a participação de 1.380 escolas, em 55 municípios, nos 27 estados para beneficiar 386 mil estudantes. Em 2009, houve a ampliação para 5 mil escolas, 126 municípios, de todos os estados e do Distrito Federal com o atendimento previsto a 1,5 milhão de estudantes, inscritos pelas redes de ensino, por meio de formulário eletrônico de captação de dados gerados pelo Sistema Integrado de Planejamento, Orçamento e Finanças do Ministério da Educação (SIMEC). Para manter o desenvolvimento de cada atividade, o governo federal repassa recursos para ressarcimento de monitores, materiais de consumo e de apoio.

O Programa também é uma importante parceria do MEC com a Secretaria Nacional de Renda de Cidadania (SENARC) por meio do Programa Bolsa Família (PBF) e visa aumentar o acesso dos beneficiários às ações de Educação Integral. Para a adesão de 2012, o MEC, em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), estipulou como critério central de expansão do Programa a seleção de escolas em que a maioria dos alunos faça parte de famílias beneficiárias do PBF. A previsão é de que 15 mil novas escolas, dentre as instituições listadas, façam a adesão. Estima-se que entre 60% e 80% delas contarão com maioria de alunos do PBF. A meta, até o final de 2014, é de que pelo menos metade de todas as escolas que ofertam educação integral por meio do Programa Mais Educação sejam aquelas com maioria de alunos do PBF.

Na foto: Secretário municipal da Educação, Edemir Carneiro Gomes (1º à esquerda) e o prefeito Peté(no centro) com a equipe de oficineiros.
(Assessoria)
VOCÊ CONCORDA COM A IMPLANTAÇÃO DA COLETA SELETIVA DE LIXO EM IBAITI?
SIM
NÃO
TANTO FAZ

15/12/2012
A AMPLIACAO E REFORMA DO GINASIO DE ESPORTES PETEZAO VAI FICAR PARA 2013. AS OBRAS COM MAIS DE 80% CONCLUIDAS ATRASARAM PARA ADPTACAO DO PROJETO E EXIGENCIAS DA CAIXA ECONOMICA FEDERAL.OS RECURSOS ESTAO GARANTIDOS E O MESMO SERA INAUGURADO PELA PROXIMA ADMINISTRACAO.
15/12/2012
FOI REALIZADA A RESTAURACAO DO PREDIO DA REDE FERROVIARIA ONDE FUNCIONOU A CAMARA DE VEREADORES. PRONTO E SERA ENTREGUE ESTE ANO PARA ALI FUNCIONAR O MUSEU HISTORICO DE IBAITI QUE LEVA O NOME DO SAUDOSO MARIO YAMANOUYE.
14/12/2012
NA CONFRATERNIZACAO DO FUNCIONALISMO NA SECRETARIA DE OBRAS, FUNCIONARIOS E FAMILIARES DIVERTIRAM E APLAUDIRAM A DESPEDIDA DO PREFEITO PETE E EQUIPE E A CHEGADA DO PREFEITO BETAO.
11/12/2012
PREFEITO PETE E SECRETARIOS VISTORIARAM A CONSTRUCAO DA NOVA SUPER CRECHE NA VILA SANTO ANTONIO AREA CONSTRUIDA DE MAIS 1200 M2.A NOVA ESCOLA DENOMINARA NEIDE ALVES DE MELLO. HOMENAGEM A SAUDOSA PROFESSORA DE EDUCACAO INFANTIL. A LEI SANCIONADA PELO PREFEITO PETE.
10/12/2012
FUNCIONALISMO MUNICIPAL TIVERAM CREDITADO EM SUAS CONTAS O 13. SALARIO DE 2012. MAIS UM COMPROMISSO CUMPRIDO PELA ADMINISTRACAO PETE E MINGOTE.

  

  

 
Todos os Direitos Reservados à Prefeitura Municipal de Ibaiti - Desenvolvido por NetVisi
Endereço: Praça dos Três Poderes, 23 - Fone/Fax: (43) 3546 7450